Brancos têm renda maior do que os negros no Brasil

Design sem nome – 2020-11-26T210318.917

Mais uma vez, a discriminação racial se destaca no país. A renda média das famílias chefiadas por brancos era de R$ 2.241,80, contra R$ 1.206,76 das que o chefe de família era negro ou pardo, de acordo com a Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017-2018.

O levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou que o rendimento médio da população brasileira no período foi de R$ 1.650,78. Ainda revelou que a diferença se deve ao maior acesso à escola e ao ensino superior que os brancos, o que possibilita salários mais altos. 

No quesito habitação, a discrepância é ainda mais evidente. Os brancos gastavam, em média, R$ 644, 31, enquanto o gasto de negros e pardos com moradia era R$ 330,72. Triste realidade.

As famílias chefiadas por brancos gastaram R$ 269,44 e R$ 183,00 com alimentação e saúde, respectivamente. Já quando os chefes são negros ou pardos, os valores médios com alimentos eram de R$ 181,60 e os de saúde somavam R$ 183,00. 

Fonte: SBBA

Arte: Seeb Pelotas