Eleição, imprensa e refletores

eleição

..e por favor não vá pensar que é só a luz do refletor… (Belchior) Uma coisa é sabermos que falar-se em LIBERDADE de IMPRENSA no capitalismo é uma balela. Tudo não passa de um grande jogo em que vai pesar ao final o interesse do CAPITAL PATROCINADOR. Simples assim – apesar dos esforços de alguns jornalistas abnegados que ainda fazem força para justificar seus diplomas e sua honra. E temos cada vez menos desses abnegados…outra coisa, porém, são os exageros e enormes injustiças em nome…

Leia Mais

O Sucesso da Luta da Classe Trabalhadora só virá de forma Coletiva

Bancários, uní-vos!

Imaginar uma sociedade de bem estar social, onde cada um pense exclusivamente em si e, quando muito, na sua família, é como esperar que, ao plantar uma laranjeira colhêssemos peras. Como tratar um cão com violência e esperar que ele se torne um ser dócil. O contexto de individualismo, em que vivemos, demonstra claramente que o egoísmo não pode trazer para a maioria da população um ambiente favorável ao desenvolvimento de suas potencialidades. No caso da luta de classes constatamos isso com muito mais clareza.…

Leia Mais

Ampliar espaços democráticos

HORA DE VIRAR O JOGO

..no llores mi querida Dios nos vigila… (Bob Dylan) Temos assistido de um bom tempo para cá uma série de impressionantes Ataques (vários deles frontais) ao que nos resta de Processo Democrático no país. Ainda antes da eleição de Bolsonaro, alguns episódios de VIOLÊNCIA, com muita cara de atos Nazistas ou Fascistas – como o assassinato do Professor de Capoeira na Bahia. E de Marielle, vereadora no Rio,  e que levantava a voz contra a Opressão e Violência das Milícias e enfocava a Questão da Mulher…

Leia Mais

O tirano do fogo e da morte

Design sem nome (34)

 …eu semeio vento na minha cidade                                                                 vou pra rua e bebo a tempestade… (Chico Buarque) O momento que vivemos não é apenas preocupante. Mas assombroso. Desde a campanha eleitoral, onde o tacanha que terminou em primeiro adiantava que não aceitaria outro resultado – na época, fazia um verdadeiro fiasco raivoso inclusive contra a…

Leia Mais

Bolsonarismo: nazismo revisitado

20200616171049367198e

…a lei te procura / bandido infeliz / com seus olhos de raio-x… (Chico Buarque) A onda crescente de cassação de Direitos Civis e combate sistemático à ideia de Direitos Humanos vivenciada no pesadelo imposto pelo ex incendiário do quartel – o patético presidente Bolsonaro – está atingindo níveis cada vez mais insuportáveis.  A inacreditável Irresponsabilidade frente à Pandemia – quando o simplório fanfarrão sai expondo seu riso demoníaco, sem máscara e apertando a mão dos passantes – foi tamanha que o cara, sob a…

Leia Mais

Mulheres em 2020: muitas lutas e poucas conquistas

mulheres-no-poder

São tantas as questões possíveis de abranger ao falar das mulheres que fica muito difícil falar em uma categoria, uma etnia ou um grupo específico. Somos negras, índias, brancas, urbanas, campesinas, mães, mães e pais, trabalhadoras, professoras, alunas, empreendedoras, militantes, políticas… carregamos nas veias o sangue que constituiu o povo brasileiro, o desejo de liberdade, a perseverança e o orgulho de sermos Mulheres. E afinal, o Planeta é feminino, nossa mãe Terra, ou Gaia, é a maior prova do nosso poder e da nossa força.…

Leia Mais

Marcio Pochmann: Terceira fase do sindicalismo brasileiro

o-grito-e-operarios-1024×643

Classe trabalhadora e sindicalismo vivem circunstância histórica pré-insurrecional com insatisfações frente ao neoliberalismo governamental e patronal Da instalação do capitalismo como modo de produção dominante ainda numa economia de base agrária da década de 1880 até os dias de hoje, a classe trabalhadora sofreu distintas e significativas transformações. Também a representação sindical não ficou paralisada, especialmente na atualidade a registrar a terceira fase do sindicalismo brasileiro nas 15 últimas décadas que marcam a sua existência. A primeira fase resultou de uma classe trabalhadora formada fundamentalmente…

Leia Mais

Bancos lucram enquanto famílias sofrem pagando boletos

folhapress

Enquanto bancos têm lucros recorde, pessoas adoecem tentando pagar boletos. Em 2019, o lucro acumulado do Bradesco, Itaú Unibanco, Santander e Banco do Brasil foi de R$ 59,7 bilhões, o maior desde 2006. A euforia do capital financeiro contrasta com o sofrimento financeiro de grande parte da população. Segundo a CNC, 65,1% das famílias brasileiras estão endividadas — índice recorde desde 2013. Desde os escritos do pensador francês Marcel Mauss (1872- 1950), sabemos que a dívida é uma dimensão estruturante das relações humanas. Quem doa fica na posição de poder…

Leia Mais

Primeiras impressões das regras de transição postas na emenda constitucional n.103/19

artigo

Em linhas muito gerais, pretendemos apontar alguns pontos que afetam, direta e frontalmente, os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Talvez a primeira grande regra seja a de “tempo de transição”. Isso porque ela é de apenas dois anos para quem esta prestes a completar os 35 anos (homem) e 30 anos (mulher). Uma regra de dois anos é extremamente exígua e injusta, uma vez que grande parcela dos segurados estão fora deste parâmetro. Cinco anos, tal como já tivemos no passado, seria mais adequado e…

Leia Mais

A destruição da economia, do ambiente e o atraso como projeto de nação

pobreza-1

O Brasil vive experiência inédita da chamada economia do decrescimento, pois acumula em cinco anos (2015-2019) a inimaginável queda de 7,6% na renda nacional por habitante. Com isso, o espírito positivista que foi capaz de reunir a nação em torno do ideário do progresso adotado desde a formação da República Federativa, em 1889, encontra-se cada vez mais distante, somente presente, ainda, nas inscrições da bandeira nacional. Ao mesmo tempo em que se evidencia o decrescimento econômico nacional, constata-se o quanto se ancora no incrível aprofundamento…

Leia Mais