Negociação sobre bancos incorporados pelo BB será no dia 1º

banco-do-brasil-1900x1265_c

O Banco do Brasil atendeu ao pedido que a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) fez em ofício encaminhado ao banco no dia 23 de novembro de 2020, para que “seja instaurada de imediato a mesa de negociação” de entidades patrocinadas de bancos incorporados, conforme previsto no parágrafo único da cláusula 58ª do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos funcionários. A reunião de negociações sobre bancos incorporados será realizada no próximo dia 1º/12 (terça-feira).

“Durante as negociações da Campanha Nacional, havia sido estipulado que a mesa específica para a discussão sobre assuntos que envolvem os funcionários dos bancos incorporados pelo BB teria início entre o final de outubro e início de novembro, mas já estamos chegando ao final de novembro e a mesa ainda não foi instaurada”, observou a representante da Contraf-CUT nas negociações com o banco do Brasil, Fernanda Lopes.

Mudanças no Economus

Fernanda ressaltou, ainda, que, por meio de seus conselheiros indicados e em descumprimento ao acordado, o Banco do Brasil busca implementar um novo plano de saúde no Economus e mudanças no Fundo Economus de Assistência Social (FEAS).

O ofício da Contraf-CUT solicita, também, que sejam suspensos quaisquer atos e medidas relativas ao Economus.

Fonte: Contraf-CUT