Cassi Essencial tende a encarecer ao longo do tempo

soucassi

Desde que foi oficialmente lançado, na segunda quinzena de junho, o Cassi Essencial vem sendo denunciado por diversas entidades sindicais e representativas dos trabalhadores e aposentados do Banco do Brasil. Por trás de rostos felizes que estampam a cartilha do novo plano de saúde da Caixa de Assistência dos Funcionários (Cassi), existe uma estratégia para esvaziar os planos já existentes (Cassi Família I e II) e a redução da corresponsabilidade do Banco do Brasil com a manutenção da Cassi e do Plano Associados. Até o…

Leia Mais

Inscreva-se nos Encontros Estaduais da Caixa e do Banco do Brasil

Encontros Estaduais da Caixa e do BB

Estão abertas as inscrições para os Encontros Estaduais da Caixa e do BB, que acontecem este ano de maneira online, pelo aplicativo Zoom. No caso da Caixa, o encontro acontece na próxima quinta, dia 22/7. Os interessados podem se inscrever até o dia 22, ao meio-dia,  pelo formulário disponível em  https://bit.ly/encontrospoa. Já o Encontro do BB ocorre no dia 24/7, com inscrições abertas até o dia 23/7.  Para participar, também deve ser acessado o formulário disponível em https://bit.ly/encontrospoa. A confirmação da inscrição e o link para participar…

Leia Mais

Banco do Brasil apresenta novo sistema de gerenciamento de carteiras

banco-do-brasil

Na última sexta-feira (16), o Banco do Brasil apresentou à Comissão de Empresa dos Funcionários (CEBB) um novo sistema de acompanhamento e gerenciamento de carteiras e um projeto de capacitação de funcionários. O piloto do Indução e o Evolution, respectivamente.O novo vice-presidente do banco, Ênio Mathias, e o novo diretor de pessoas, Thiago Borsari, também participaram do início da reunião e foram apresentados à representação dos funcionários. Indução Criado com o objetivo de aprimorar os mecanismos de acompanhamento de desempenho dos funcionários, o “Projeto Indução”…

Leia Mais

Cassi Essencial viola o princípio de solidariedade e isonomia que pautam os funcionários do BB

bb-1

A alta administração do Banco do Brasil e atual diretorias e conselhos da Cassi tratam com insensibilidade e desconsideração os funcionários egressos da Nossa Caixa, que por muitos anos ajudaram na construção do BB, e também os novos e futuros funcionários, ao oferecer um plano de mercado como o Cassi Essencial, violando o princípio de solidariedade e isonomia que pautam a todos os funcionários do BB. O integrante da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB (CEBB), Getúlio Maciel, lembra que a proposta apresentada pelo…

Leia Mais

Trabalhadores cobram informações do novo presidente da Cassi

logocassi2-1024×585

As entidades de representação dos associados à Caixa de Assistência dos funcionários do Banco do Brasil se reuniram com a diretoria e o novo presidente da entidade, Castro Junior, na sexta-feira (2). A reunião foi realizada a pedido da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).A princípio, a reunião tinha o objetivo de ressaltar a importância e restabelecer a mesa de negociações entre as partes para garantir a manutenção da Cassi e a melhoria de seus serviços. Mas, um comunicado publicado no site da Caixa de Assistência…

Leia Mais

Tecnologia não pode substituir o atendimento humano pela Cassi

CASSI

Um comunicado publicado na última terça-feira (29), no site da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi), colocou em alerta a representação dos funcionários do Banco do Brasil e associados da Cassi. No texto, o novo presidente da Cassi, Castro Júnior, afirma que sua gestão fará uso de meios tecnológicos para estar mais próxima dos associados.“A primeira e principal mensagem que o texto passa é que será aplicada tecnologia no atendimento. A Cassi, nestes tempos de pandemia e de gestão de tecnólogos bancários, está…

Leia Mais

Sinal amarelo para o Banco do Brasil

Design sem nome – 2021-06-30T092835.092

O presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro, anunciou, por meio de vídeo, a adesão à campanha Sinal Vermelho, encabeçada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). A ideia da campanha é oferecer ajuda em farmácias, órgãos públicos e agências bancárias às mulheres que apresentarem um X vermelho na mão, ou em um papel. Para a secretária de Juventude e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) nas negociações com banco, Fernanda Lopes, a ação é…

Leia Mais

Conquista do movimento sindical: BB abre concurso público

bb03copy-708×350

O Banco do Brasil divulgou nesta última quinta-feira (24), no Diário Oficial da União, um edital de concurso para a contratação de 2.000 escriturários para a área comercial e outros 240 para a área de tecnologia. Todos os funcionários do banco são contratados como escriturários. O cargo recebe nomes diferentes de acordo com a função exercida. As vagas deste concurso são para o trabalho na rede de agências (agentes comerciais) de todo o país, ou para Agente de Tecnologia, para trabalho em Brasília. “A realização…

Leia Mais

Valeu a pressão: BB esclarece orientações sobre prova de vida do INSS

Design sem nome (98)

Após pressão da representação dos funcionários, o Banco do Brasil esclareceu Instrução Normativa sobre a prova de vida de beneficiários do INSS. “O banco entrou em contato conosco e informou que os beneficiários com impossibilidade de locomoção, que estejam acamados, ou hospitalizados serão orientados a constituir um procurador junto ao INSS. Somente em casos excepcionais, quando não houver possibilidade de constituição de um procurador, o gestor deve solicitar autorização ao seu superior hierárquico para realizar a prova de vida fora do ambiente físico da agência”, disse…

Leia Mais

Bancos públicos perdem espaço no mercado de crédito

Design sem nome (93)

Resultado de uma política que não valoriza os bens do Estado brasileiro, os bancos públicos  perderam espaço no mercado de crédito em 2020. De acordo com o Banco Central, o conglomerado das cinco maiores organizações financeiras do país ainda concentra 68,5% do mercado, mas perdeu espaço para o setor não bancário, que engloba fintechs de crédito e cooperativas. Segundo o documento, BB, Caixa e BNDES reduziram a participação de 48,9%, em 2018, para 42,8%, em 2020. A explicação está também no aumento da participação de…

Leia Mais