Bradesco ignora falta de funcionários e Procon interdita agência em Palhoça

bradesco-ignora-falta-de-funcionarios-e-procon-interdita-age_9ace1ef7e95b3764e8d21fa3a22bb151

Na tarde de ontem (9), o Procon Municipal de Palhoça fechou por 24 horas a agência do Bradesco, localizada no Centro da cidade por descumprimento da legislação vigente sobre as normas de atendimento ao público, especialmente no tocante às filas.

Lei Municipal prevê, que as agências bancárias deverão colocar à disposição dos seus usuários, pessoal suficiente e necessário, no setor de caixas, para que o atendimento seja efetivado em tempo razoável. Pela chamada “Lei da Fila”, considera-se tempo razoável, “o prazo máximo de vinte minutos em dias normais e de trinta minutos em véspera de feriados prolongados, ou após os mesmos”.

A situação é antiga, mas as instituições financeiras parecem não se importar se estão detonando com a saúde dos bancários e causando transtornos a clientes e usuários. A contratação de mais trabalhadores tem sido pauta constante nas nossas Campanhas. Em 2019 os problemas continuam.

Fonte/Imagem: SEEB Florianópolis