Argentina contra reforma da Previdência

argentinaaa-840×577
A Argentina passa pelo mesmo drama do Brasil com a reforma da Previdência, mas como a mobilização dos trabalhadores registra índices elevados, os argentinos têm conseguido barrar o projeto.

Inclusive, a toda poderosa a CGT (Confederação Geral do Trabalho) tem promovido protestos de grande impacto. Nesta segunda-feira (18/12), paralisou os  transportes terrestre e aéreo. Parou totalmente Buenos Aires e boa parte da Argentina.

Segundo a  LaTam e a Aerolineas Argentinas, mais de 20 mil passageiros foram afetados com o cancelamento de voos. Os principais acessos à capital foram bloqueados.

Os protestos, violentos, deixaram jornalistas, políticos e parlamentares feridos. Mais de 1 mil policiais na repressão contra os manifestantes, que entre outros gritos de luta, dizem em bom som: aqui não é o Brasil.

SBBA