Bancos privados têm aumento de casos de Covid-19 em Pelotas

bc0bfb4d-c657-4069-9ab5-6dad482b632f

As agências do Itaú, Santander e Bradesco, em Pelotas, têm apresentado um aumento preocupante no número de trabalhadores infectados pela Covid-19. Somente nos últimos dias, foram confirmados três casos no Bradesco, dois no Itaú e mais três no Santander. O Bradesco apresenta os números mais expressivos, sendo que, desde o início da Pandemia, em março deste ano, pelo menos 13 trabalhadores já testaram positivo para a doença nas três agências do município.

No Itaú, a agência localizada na esquina da rua Quinze de Novembro permanece fechada, até a próxima segunda-feira (14), após a confirmação de mais dois casos de funcionários que testaram positivo, no final do mês passado. Ao todo, cinco trabalhadores do banco já foram afastados após confirmação de contágio. Essa é a segunda vez que a agência precisa ficar fechada em virtude de contaminações pelo coronavírus. Nesta última segunda-feira (7), a agência do Itaú, localizada nas Três Vendas, apresentou um caso suspeito e também está fechada, aguardando o resultado do exame para a adoção de protocolo.

A situação no Santander não é muito diferente. A agência da Quinze de Novembro estará fechada, hoje, durante todo o dia, após a confirmação de três novos casos. Ao todo, nas agências do banco, já foram confirmados sete casos, sendo cinco funcionários e dois terceirizados.

“Os bancários estão trabalhando em número reduzido, o que acaba sobrecarregando quem está na linha de frente. Essa é uma realidade enfrentada tanto nos bancos públicos quanto nos privados, devido a redução de 50% no quadro de funcionários, para atender os protocolos de segurança da Prefeitura, com a rotina de revezamento. Muitas vezes a população tem dificuldade de entender que não se trata da vontade do bancário de solucionar algum problema e atender uma demanda, e sim porque essa situação da Pandemia tem sido extremamente desgastante para a categoria”, ressalta o diretor do Sindicato Sérgio Seus.

Redação e Foto: Eduardo Menezes / Seeb Pelotas