CEE/Caixa conquista compensação para gerentes gerais

Conquista da CEE_Caixa_

Conforme informação divulgada na noite de ontem, quarta-feira (23), no site da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), os gerentes gerais de rede, que trabalharam aos sábados, durante a abertura das agências para o pagamento do auxílio emergencial, terão 10 dias de compensação.

O anúncio foi feito, ontem, pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Mas essa decisão é resultado da cobrança da Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa), em mesa de negociação, durante a Campanha Nacional.

Há tempos as entidades sindicais, de todo o país, veem recebendo queixas dos trabalhadores sobre as jornadas de trabalho extensas impostas pela Caixa. Segundo o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto, a compensação é importante para os gerentes gerais, mas aqueles que também estavam com jornadas extrapoladas têm direito. “Cada vez mais vemos que os empregados estão cansados com a jornada extenuante. Os gerentes gerais são os mais atingidos sem pagamentos de horas extras ou descanso. Mas a Caixa precisa pagar a todos que fizeram o trabalho”, afirmou.

De acordo com Pedro Guimarães, os gerentes gerais terão até o dia 30 de junho de 2021 para utilizar os dias de compensação. Ainda segundo o presidente, haverá substituição dos gerentes durante esses dias.

Anúncios

Também foi anunciado que a Caixa irá fazer o pagamento da comissão dos negócios de seguros. Ainda sem data definida.

Outro comunicado foi sobre a flexibilização do horário de almoço para 30 minutos. Segundo foi informado será antecipado para janeiro de 2021. Essa medida é fruto da Campanha Nacional e consta no Acordo Coletivo de Trabalho aprovados em assembleia pelos bancários.

Fonte: Fenae, com edição Seeb Imprensa Pelotas