Professores da UFPEL organizam curso de extensão para debater o golpe de 2016

20160923-jornal-sul21-gs-0675-11-600×400

Um grupo de professores da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) decidiu promover um curso de extensão sobre o golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil. O curso, a exemplo de iniciativas de várias outras universidades do país, pretende criar, na UFPEL, um fórum ampliado para debater o golpe de 2016 e suas consequências à democracia.

Segundo os organizadores, os principais objetivos são expressar apoio público ao professor Luis Felipe Miguel, da Universidade de Brasília (UnB), e repudiar os ataques à autonomia universitária e a outros direitos constitucionais.

O curso tratará de temas como estruturas político-partidárias, minorias, movimentos sociais, educação, cultura, ciência e tecnologia, justiça, entre outros. As aulas terão início neste primeiro semestre de 2018 e em breve as inscrições estarão abertas à sociedade em geral.

Fonte: Sul21
Foto: Guilherme Santos