Bancário tem aumento real de 1%

s-a-luta-garante-jpg
A greve histórica dos bancários de 2016, que durou 31 dias, resultou no acordo de dois anos e garantiu benefícios à categoria. A partir do dia 1° de setembro, os trabalhadores terão reposição total da inflação (INPC) mais 1% de aumento real em salários e na PLR (Participação dos Lucros e Resultados).

O cenário atual é de perdas históricas para os brasileiros. Portanto, o acordo de dois anos assinado em 2016 foi uma grande vitória para os bancários que importantes direitos já assegurados na CCT (Convenção Coletiva de Trabalho).

Embora, muitas conquistas estejam asseguradas, os bancários se preocupam com as consequências que a terceirização e a reforma trabalhista causam na categoria. Por isso, o Comando Nacional quer que a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) assine um termo de compromisso que proteja empregos e direitos.

Fonte: Seeb Imprensa Bahia