Programas Habitacionais na mira do governo

fim-do-monopolio-da-caixa-na-gestao-do-fgts-vai-destruir-programas-habitacionais-systemuploadsnewsb990167297479d893ad-700x460xfit-06415

Fim do monopólio da Caixa na gestão do FGTS vai destruir programas habitacionais Administração dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pelo sistema financeiro prejudicará ainda mais os investimentos em infraestrutura e em programas habitacionais Na Medida Provisória (MP) 889/2019, que liberou saques imediatos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e criou a modalidade saque-aniversário, o governo de Jair Bolsonaro (PSL) abriu uma brecha para que a gestão do fundo seja transferida para bancos privados. Se a MP que…

Leia Mais

Fenae e entidades pedem explicações sobre números do Saúde Caixa

saude caixa

Ofício enviado para a Caixa cobra transparência no balanço patrimonial relativo ao primeiro semestre de 2019 Sindicatos e entidades representativas dos trabalhadores das empresas estatais entregaram, nesta semana, uma carta ofício à Gerência Nacional de Plano de Saúde da Caixa cobrando explicações sobre os números do Saúde Caixa lançados no balanço relativo ao primeiro semestre de 2019. O ofício, entregue na última terça-feira, 17, e proposto na última reunião das entidades em defesa do Saúde Caixa, pede que a Caixa esclareça os registros referentes a…

Leia Mais

Governo mira no FGTS e no Programa Minha Casa Minha Vida

Captura de Tela 2019-09-11 às 13.10.33

O Ministério da Economia estuda retirar da Caixa a gestão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e planeja, ainda, reformular o programa de habitação popular Minha Casa Minha Vida. O programa habitacional do governo federal foi responsável por injetar R$ 113 bilhões em subsídios à moradia de 2009 a 2018, durante os governos do Partido dos Trabalhadores, mas não tem sido prioridade no governo Bolsonaro. Para 2020, o Orçamento da União prevê destinar apenas R$ 2,71 bilhões para o Minha Casa Minha…

Leia Mais

Caixa pagou PLR na terça-feira (3)

plr_primeira_parcela_de_2019 (1)

Após cobrança em mesa de negociação permanente, banco público, que poderia pagar PLR e PLR Social até dia 30, antecipou o crédito e pagou na terça-feira, 3 Após cobrança da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa), em mesa de negociação permanente realizada no dia 27 de agosto, para que a Caixa antecipasse o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), o banco público anunciou que atenderia a reivindicação, e creditou aos empregados a primeira parcela da PLR, assim como a PLR Social, nesta terça-feira 3.…

Leia Mais

Lucro de R$ 8 bi mostra: a Caixa é eficiente

IMAGEM_NOTICIA_3

Passando por um verdadeiro desmonte e com ameaça real de ser privatizada, a Caixa comprova novamente que é um banco forte e eficiente, fundamental para a nação. No primeiro semestre do ano, a instituição financeira obteve lucro contábil de R$ 8,1 bilhões, avanço de 22,2% ante o mesmo período de 2018. No segundo trimestre, o balanço parcial foi de R$ 4,212 bilhões, crescimento de 7,4% na comparação com 2018. Segundo a empresa, a margem financeira apresentou alta de 12,4%, chegando a R$ 14,092 bilhões em…

Leia Mais

Leilão da Lotex é marcado novamente para outubro

lotex

Essa é a sexta vez que o BNDES tenta privatizar a Loteria Instantânea. Agora, o valor é de menos da metade do originalmente proposto O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai tentar pela sexta vez privatizar a Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex). O pleito, previsto para 22 de outubro, foi remarcado após o governo flexibilizar, novamente, as regras para conseguir privatizar a chamada ´raspadinha´, administrada pela Caixa: uma resolução do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) foi publicada na última quinta-feira (29), modificando o pagamento da…

Leia Mais

Saúde Caixa para Todos reforça mobilização contra a CGPAR 23

campanha-saude-caixa-para-todos-seeb-mt

Resolução estabelece um teto para o custeio pelas empresas estatais federais sobre benefícios de assistência à saúde dos empregados  Sindicatos de todo Brasil lançaram, na última quarta-feira (14), a campanha “Saúde Caixa para Todos”, com o objetivo de reforçar a mobilização contra a resolução 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR), que estabelece um teto para o custeio pelas empresas estatais federais sobre benefícios de assistência à saúde dos empregados. A campanha foi idealizada pelos delegados do…

Leia Mais

Previdência e Saúde marcam o início dos debates do 35º Conecef

12319_FD_1564765718

O Congresso reuniu, em São Paulo, 328 delegados de todo o país Os ataques ao sistema de previdência complementar de entidades fechadas e ao sistema de saúde dos trabalhadores foram os primeiros temas debatidos no 35º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal (Conecef), que teve início, na quinta-feira (1), em São Paulo, com a participação de 328 delegados e delegadas de todo o país. O primeiro painel Saúde e Previdência “Não ao Retrocesso” teve como debatedores os assessores da Fenae Albucacis de Casto…

Leia Mais

Gestão confusa da Caixa reforça fragilização da empresa

pedro-anuncia-privatizacoes-na-caixa_de451327bb735116e9585a7564c9b0a9

Anúncios precipitados geram caos e insatisfação entre os empregados A atual gestão da Caixa Econômica Federal segue a mesma linha do governo federal: uma bagunça. Dias depois do vice-presidente do banco de pessoas (VIPES), Roney de Oliveira Granemann, anunciar o cancelamento do programa de demissão voluntária (PDV), na quinta-feira (25), o presidente Pedro Guimarães voltou atrás na quarta-feira (31) e disse que irá manter o plano, mas adiar a saída, sob a alegação de que precisará atender aos trabalhadores que forem sacar o Fundo de…

Leia Mais

Presidente da Caixa anuncia que as agências operarão aos sábados e domingos para saques do FGTS

caixa-fachada-1

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou ofício à Caixa Econômica Federal solicitando explicações sobre a proposta de abertura de agências aos sábados e domingos e exigindo respeito aos empregados do banco. O presidente do banco, Pedro Guimarães, declarou que as agências e postos fixos da Caixa operarão aos sábados e domingos para dar vazão aos saques. “Eu e os vice-presidentes estaremos todos os domingos em agências da Caixa em todo o Brasil”, disse, nesta quarta-feira (25), durante evento de anúncio no Planalto…

Leia Mais