‘Passei a ser ameaçado pelo líder do meu partido’, diz deputado trocado na CCJ

Delegado Waldir (PR-GO)

Em uma fala contundente na noite de quarta-feira (12), o deputado federal Delegado Waldir (PR-GO) acusou o líder do PR, deputado José Alves Rocha (BA), de ameaçá-lo depois de ele se posicionar a favor da admissão da denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. Delegado Waldir foi um dos quatro deputados do PR que foram trocados na composição da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, em meio à discussão sobre o aval da Casa para que o Supremo Tribunal Federal (STF)…

Leia Mais

Ministério da Ciência e Tecnologia cobra R$ 20 milhões de Aécio e gabinete

aécio

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações cobra R$ 20,3 milhões do senador Aécio Neves (PSDB) e de três secretários de Estado por supostas irregularidades em convênio entre o governo federal e o de Minas Gerais em 2005. O tucano governou o Estado de 2003 a março de 2010. O acordo foi firmado para a construção dos chamados centros vocacionais tecnológicos (CVTs), que oferecem por exemplo cursos nas áreas de empreendedorismo, informática e agricultura. Os ex-secretários do tucano citados pelo ministério são Bilac Pinto,…

Leia Mais

CCJ suspende sessão sobre denúncia contra Temer, debate continua pela manhã

20175725100553_TEMER 22.jpg

Após quase 14 horas de intensas discussões, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara encerrou há pouco o primeiro dia de debates sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer após a suspensão da sessão pelo presidente da CCJ, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG). A comissão analisa a possibilidade de admitir a acusação de crime de corrupção passiva apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer e, com isso, autorizar o Supremo Tribunal Federal (STF) a dar prosseguimento ao processo. Quando a reunião…

Leia Mais

Brasil invadido: tempos difíceis para o povo e vergonha para toda a nação

35860286405_bda393ae12_k

* Pedro Augusto Pinho Vejamos as notícias destas semanas de julho, abrindo o segundo semestre de 2017. O senhor Moro, agente estadunidense no função de juiz e sem qualquer surpresa, condena, por crime inexistente,  o Presidente Lula a nove anos e meio de prisão, enquanto isso são liberados Aécio Neves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Rocha Loures e continuam impunes José Serra, Fernando Henrique Cardoso e todo e qualquer membro do PSDB, independente da gravidade do crime cometido, que vai do tráfico de droga a recebimento…

Leia Mais

Juristas condenam sentença sem provas de Moro contra Lula

moro10

Nesta quarta-feira (12), o juiz Sérgio Moro condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e 6 meses de prisão, sob a acusação de ter recebido um apartamento triplex no Guarujá como contraprestação de corrupção em contratos firmados entre a Petrobrás e a construtora OAS. A acusação, que não apontou qualquer documento de registro de imóvel, como também não conseguiu uma única testemunha que ratificasse o que foi posto na denúncia – as 73 testemunhas, das quais 27 da acusação, negaram o…

Leia Mais

Cármen, e não Maia, é o nome da Globo para a presidência

carmen_lucia_posse_stf_temer_1280x720

Me recuso a acreditar que a Rede Globo seja tão estúpida a ponto de se apoiar, mesmo que extemporaneamente, em uma pessoa tão medíocre quanto Rodrigo Maia. Por isso, olho com muita desconfiança todo o movimento de Brasília, apesar de suspeitar que, desde o caso Caleiro, Rodrigo Maia se une a Moreira Franco para trair Michel Temer e seu lado Eduardo Cunha. Desconfio pois Maia é um nome extremamente frágil, tanto por seu baixo capital político popular – nunca teve votação expressiva – quanto pela…

Leia Mais

Ana Amélia e Lasier Martins votam a favor da reforma trabalhista

e677ab91-d036-43e9-a29b-ab1ba7ab1daa

Senadores integram o rol de traidores da classe trabalhadora Os trabalhadores e as trabalhadoras do Rio Grande do Sul foram golpeados por dois dos seus três senadores, durante a votação ocorrida na noite desta terça-feira (11) do projeto da reforma trabalhista do governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB), que teve 50 votos favoráveis, 26 contrários e uma abstenção. A senadora Ana Amélia (PP) e o senador Lasier Martins (PSD) votaram a favor do desmonte da CLT e dos direitos trabalhistas. Apenas o senador Paulo Paim…

Leia Mais

Na caixa: pressão por mudança no RH 184

caixa

O RH 184 da Caixa, que trata dos descomissionamentos, é alvo de diversas críticas por parte dos empregados. Um dos itens do documento, a designação de substituto eventual, na prática, obriga o trabalhador a substituir as funções gratificadas de chefia e os cargos comissionados gerenciais, mas sem receber pelo serviço. De acordo com o RH 184, no período de ausência do titular, o substituto eventual utiliza a sigla S.E em sua identificação na assinatura dos atos administrativos. Ou seja, atua como gerente, de fato. Apesar…

Leia Mais

BNDES na linha de tiro da guerra de informações

carrossel-predio-bndes

No final de 2016, Temer determinou a devolução de R$ 100 bilhões do BNDES ao Tesouro Nacional. Além disso, promulgou a Medida Provisória 777, que estabelece o fim da taxa subsidiada de juros concedida pelo banco de fomento (TJLP), e cria a Taxa de Longo Prazo (TLP), que será definida pela inflação medida pelo IPCA acrescida de uma taxa de juros prefixada (título do Tesouro NTN-B). Na prática, a TLP será mais alta do que a TJLP. Na sexta-feira 7, divergências com o novo presidente…

Leia Mais

Gerente do Bradesco, em São Paulo, humilha e desestimula equipe

assedio-bradesco

Cobranças desrespeitosas e humilhações fazem parte do dia a dia de quem tem de lidar diretamente com o gerente regional Tucuruvi, do Bradesco, em São Paulo. Diversas denúncias apontam que a prática de assédio moral do gestor é frequente e não é de hoje. Uma das denúncias contra o gerente regional foi feita por meio do Assuma o Controle do Sindicato – instrumento de combate ao assédio e outros problemas nos locais de trabalho, previsto na CCT. O banco ficou de conversar com o gestor…

Leia Mais