Funcionários e aposentados celebram aniversário da Caixa em Pelotas

WhatsApp Image 2023-01-13 at 09.20.11

Instituição completa 162 anos de existência

Na última quinta-feira, 12 de janeiro, a Caixa completou 162 anos de existência. Em Pelotas, o dia foi marcado por comemorações e homenagens, com um ato em frente à Agência Pelotas, no centro da cidade. O evento reuniu funcionários e aposentados que pediam por uma Caixa do povo e 100% pública.

No local, o  diretor do Sindicato dos Bancários de Pelotas e Região e funcionário da Caixa, Lucas da Cunha, parabenizou a instituição e celebrou o novo momento para o banco, com a posse da presidenta Rita Serrano. “Essa empresa faz parte da vida de todos os brasileiros, há 162 anos. Hoje também é um dia muito especial onde assume uma nova presidenta, a nossa colega bancária, do movimento de luta pela defesa dos trabalhadores, Rita Serrano”, declara. “Então a gente tem duplamente motivos para comemorar esse aniversário, por ter esperanças por uma nova Caixa nesse novo ciclo que se inicia”, continua Lucas.

Segundo o diretor, o momento é de retomada. “A Caixa retoma o seu papel de apoio à sociedade brasileira, de apoio a quem precisa. Voltando com as políticas públicas de desenvolvimento social”, salienta. “A Caixa começou como o banco das poupanças e ao longo da história evoluiu para muito mais do que isso. É o banco do FGTS, do Minha Casa Minha Vida, da habitação popular, o banco do auxílio durante a pandemia, do bolsa família”, destaca o diretor. 

“Nós temos, hoje, um dia de muita alegria, para celebrar essa empresa tão importante e, também, parabenizar quem constrói a caixa, quem faz a Caixa no dia a dia, que são os funcionários da instituição”, valoriza. O diretor conclui ambicionando melhorias para a empresa e para o país. “Esperamos que a próxima gestão tenha sucesso e que a Caixa tenha vários anos pela frente sendo o braço de políticas públicas do Governo Federal”, finaliza. 

A ex-diretora do Sindicato, funcionária aposentada da Caixa e diretora do Bem Comum da APCEF-RS, Cristina Gularte, destacou a importância da luta para manter um banco público em atividade por 162 anos. “É uma luta constante, permanente. A gente não pode descuidar nunca. A gente vai continuar sempre na rua defendendo não apenas a Caixa, mas também Banco do Brasil, Banrisul e os bancos públicos de maneira geral. Para que sejam instrumentos de políticas públicas que consigam atingir a população que mais necessita”, valoriza Cristina. 

Confira as falas completas abaixo:

Redação: Vitor Valente SEEB Pelotas e Região

Foto: Eduardo Menezes