Movimento sindical apoia chapas 6 e 77 nas eleições da Cassi

Design sem nome – 2022-03-07T101630.646

Entre os dias 18 e 28 de março, os funcionários do Banco do Brasil, da ativa e aposentados, terão a oportunidade de mudar os rumos da Cassi. Neste período, acontece a eleição dos cargos para a Diretoria de Risco Populacional, Saúde e Rede de Atendimento e para os Conselhos Deliberativo e Fiscal.

Quatro grupos disputam o pleito para os mandatos que vão de junho de 2022 a maio de 2026. Dentre eles, o grupo Unidos por uma Cassi Solidária, das chapas 6 (para Diretoria e Conselho Deliberativo) e 77 (Conselho Fiscal), é apoiado pela Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela maioria das entidades sindicais e por entidades associativas e de aposentados.

No material de campanha, as chapas destacam o pedido de apoio das trabalhadoras e dos trabalhadores do BB “para retomar a representação dos associados” dentro da entidade que, ao longo dos últimos anos, vem sofrendo processo de terceirização nos serviços e enfraquecimento da Estratégia Saúde da Família.

Na atual gestão, a representação do banco e a dos associados se confundem, favorecendo os interesses do banco. “A força da Cassi está na solidariedade entre os funcionários. Foi construída para garantir o mesmo tratamento a todos conforme a sua necessidade, do escriturário ao presidente do Banco, aos ativos e aposentados e seus dependentes. Sem discriminação”, diz ainda Fernando Amaral, candidato à Diretoria de Risco Populacional. “A força da união entre os colegas mantém a Cassi e exige que o banco mantenha e amplie seus compromissos com a saúde de todos. Nós, das chapas 6 e 77, pedimos seu apoio para preservar esta história de sucesso e trabalhar pela perenidade da Cassi”, completa.

Clique aqui para acessar o site da campanha das Chapas 6 e 77 – Unidos por uma Cassi Solidária – e conheça todos os candidatos e as propostas das chapas.

Fonte: Contraf-CUT