Fetrafi-RS participa de Plano de Ação para o Ramo Financeiro

fetrafi_fachada_web

O Instituto Lula realizou nesta quarta-feira (9) a abertura do Plano de Ação para o Ramo Financeiro, organizado em conjunto com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT). 

Entre aulas, leituras e atividades, o cronograma do Plano de Ação trata das recentes transformações ocorridas nas empresas do ramo financeiro no Brasil, inseridas no contexto do capitalismo contemporâneo e de seus impactos no mundo do trabalho, na fragmentação do emprego e no sindicalismo. 

Participam da iniciativa 48 dirigentes sindicais da categoria bancária de todas as regiões do país, que posteriormente devem atuar como multiplicadores do conhecimento em seus sindicatos e regiões. A Fetrafi-RS é representada pelos dirigentes sindicais Sandro Cheiran (COE Bradesco) e Luiz Carlos Cassemiro (COE Santander).

“O ano de 2022 será a grande encruzilhada da nossa história. Precisamos derrotar este governo fascista para mudar nossos rumos. Porém temos que estar organizados em caso de revés. E o planejamento a partir deste curso será de suma importância para atualizar a atuação dos sindicatos junto aos trabalhadores e às trabalhadoras do ramo financeiro”, pontua Cheiran.

A partir do diagnóstico construído no curso, os participantes formularão planos de ação estratégica a serem desenvolvidos em seus locais de atuação, tendo em vista a necessária reformulação do movimento sindical — uma migração do “sindicalismo por categoria profissional” para um sindicalismo que abarque a complexidade do mercado de trabalho atual.

Participaram do encontro de abertura o presidente do Instituto Lula Marcio Pochmann, o coordenador técnico do Dieese Fausto Augusto Junior e a presidenta da Contraf/CUT Juvandia Moreira. 

Fonte: Instituto Lula, com edição da Fetrafi-RS