Bolsonaro debocha sobre distribuição de absorventes

jair-bolsonaro-rindo-2020

Mais uma vez, Jair Bolsonaro trata a necessidade da população, sobretudo a mais carente, como piada. Em transmissão ao vivo nesta quinta-feira (14/10), o presidente debochou de mulheres ao falar do projeto de lei que prevê distribuição gratuita de absorventes.

O projeto que cria o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual foi chamado de “auxílio Modess”, em referência à antiga marca de absorventes, que atualmente, carrega conotação pejorativa. Além disso, Bolsonaro ainda afirmou que “torce” para que o Congresso Nacional derrube o veto. Ainda declarou, novamente, que “não existe distribuição gratuita de nada”.  Desumano.

A pobreza menstrual é um problema sério que apresenta consequências severas para a saúde física e mental das mulheres. Em 2020, 26% das meninas foram afetadas diariamente pela falta de acesso a produtos higiênicos adequados durante o período menstrual. Cuidar do povo nunca foi prioridade deste governo.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia (SBBA)