Bancários de Pelotas e Região presentes no Fora Bolsonaro

IMG_8040

Na manhã deste último sábado, dia 2 de outubro, à exemplo do que ocorreu em outras 206 cidades, Pelotas esteve mobilizada pelo Fora Bolsonaro. Além da gestão desastrosa da Pandemia, o Brasil soma 14 milhões de desempregados, sendo que 39 milhões de brasileiros vivem, hoje, na informalidade.

Em grande número, diretores do Sindicato, bancários em atividade e aposentados saíram as ruas para defender a democracia e exigir o impedimento imediato do atual governo, que está sendo investigado por corrupção e tem deixado um saldo de miséria e desesperança por todo o país.

As manifestações pedindo o impeachment do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, ganha contornos mais profundos, no Rio Grande do Sul, uma vez que a política econômica do atual governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), é mesma adotada pelo bolsonarismo, com sucateamento dos serviços públicos e prioridade na privatização de empresas como o Banrisul.

Por isso, os bancários de Pelotas e Região aproveitaram este momento histórico para reforçar a campanha Primavera pela Democracia, que convoca os gaúchos a participarem do Plebiscito Popular sobre as Privatizações, marcado para ocorrer entre os dias 16 a 24 de outubro.

Os pelotenses que estiveram participando do ato pelo Fora Bolsonaro respeitaram todos os protocolos sanitários e tiveram o cuidado de dialogar com a população, em geral, sobre a situação delicada que a cidade, o Estado e o País atravessam, fruto da política neoliberal, cuja prioridade é o interesse privado e não as demandas de ordem coletiva.

Confira algumas imagens:

Redação e fotos: Eduardo Menezes / SEEB Pelotas e Região