Santander: protocolos de saúde devem ser mais rígidos

santander-mauricio-morais-arquivo-seeb-sp

O Santander tem deixado a desejar no cumprimento do atual protocolo para casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 em agências ou departamentos. O movimento sindical tem recebido denúncias relacionadas ao desrespeito dos procedimentos adotados nas últimas semanas em alguns locais de trabalho.

Para as entidades sindicais, o banco espanhol tem de reforçar as orientações através de comunicado formal. O protocolo adotado pelo Santander ainda está longe do ideal, mas precisa ser cumprido. 

Alguns bancários estão retornando ao trabalho enquanto esperam o resultado do teste. Atitude equivocada e perigosa, porque se o laudo for positivo, o empregado pode ter contaminado outros funcionários e clientes. O bancário que identificar qualquer tipo de descumprimento, deve denunciar ao Sindicato. 

Pelo protocolo do banco, em caso de identificação de suspeitos, ou que tenham tido contato com casos confirmados de Covid-19, a orientação é que todos os funcionários de agências sejam testados. Enquanto aguardam o resultado, devem ficar em casa ou fora do local de trabalho. Caso seja positivo, todo o procedimento de afastamento é feito pelo aplicativo do RH do Santander.  

Para resultados negativos, o bancário só poderá retornar às atividades presenciais após liberação médica via telemedicina e o local de trabalho deve ser submetido a sanitização.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia

Foto: Maurício Morais/Seeb SP