Covid-19 em Pelotas: movimentos sociais criticam flexibilização da Prefeitura

50167420761_f968cb70bc_c

A partir desta terça-feira, dia 15, passa a valer o Decreto Municipal nº 6.316, anunciado na última quinta-feira (10), pela Prefeitura de Pelotas, que estabelece alterações nas medidas de proteção à covid-19.

Servidores da área da saúde e movimento sociais repudiam a flexibilização, por entender que não é o melhor momento para o relaxamento nas medidas de combate ao coronavírus. Na sexta-feira passada, dia 11, houve mobilização, em frente à Prefeitura, cobrando maior atenção do poder público, sobretudo, com os trabalhadores da linha de frente. A propagação da doença, mesmo em ambiente hospitalar, preocupa.

A servidora pública Cláudia Correia, que é diretora do Sindicato dos Municipários de Pelotas (SIMP) e esteve presente no ato, chamou a atenção para os riscos crescentes de contágio mesmo em hospitais da cidade, tanto em pacientes acometidos por outras doenças quanto em seus familiares. Além disso, ela reforçou a falta de coerência da Prefeitura, que não tem tomado medidas para evitar a superlotação do transporte público e realizar uma fiscalização mais rígida no descumprimento das medidas de segurança.

Novas regras

Conforme o Decreto, o comércio em geral fica autorizado a funcionar das 9h às 19h, de segunda a sábado, exceto aos domingos e feriados. O shopping funcionará das 10h às 20h e o Mercado Central das 9h às 19h, também de segunda a sábado, com exceção do fim de semana. Os supermercados e macroatacados podem abrir aos domingos e feriados.

A atividade comercial está liberada no interior do Pop Center das 9h às 19h, sendo que devem ser cumpridas as regras determinadas no Decreto, relacionadas a distanciamento das pessoas, protocolos de higiene e limitação no número de clientes e atendentes por banca. O regramento ainda prevê alteração no número de pessoas que poderão acessar templos religiosos (passando de 30 para 60 pessoas a ocupação dos espaços com área acima de 200m² ). Além disso, concursos e processos seletivos poderão ser realizados, observando as medidas de higienização, além do distanciamento mínimo de dois metros entre os candidatos.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) , Pelotas contabiliza 106 óbitos em decorrência da covid-19, sendo de 3.290 pessoas o total de infectados no município. A classificação da bandeira laranja vale até a próxima segunda-feira (21). Caso o município volte a ser classificado em bandeira mais grave, as medidas do Decreto serão suspensas.

Seeb Imprensa Pelotas, com informações da Prefeitura Municipal de Pelotas

Foto Michel Corvello/Prefeitura Municipal de Pelotas