Banrisulenses assinam Acordo Coletivo com o Banco

Banrisulenses assinam acordo

Na tarde de ontem, terça-feira (8), os banrisulenses assinaram a renovação do seu Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) com o banco, que tem validade de dois anos. A reunião se deu, novamente, por videoconferência.

Com a assinatura do acordo, os empregados do Banrisul garantiram o reajuste e a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) integrais, além da manutenção da 13ª Cesta Alimentação e da PLR Banrisul, com 1,8% do lucro líquido devendo ser distribuído, igualmente, entre todos os funcionários do banco.

O Banrisul também se comprometeu em manter a remuneração de quebra de caixa dos empregados que desempenham a função de caixa por nove meses (com validade para quem foi desligado da função a partir de janeiro de 2020). O banco vai criar, ainda, um programa de requalificação profissional, na Universidade Corporativa, para os banrisulenses que atuam nessa função.

Outra conquista importante foi a criação de mesas permanentes de negociação para tratar de temas como: teletrabalho, gênero e diversidade.

O acordo assinado com a Fenaban garante, para este ano, reajuste de 1,5% mais abono de R$ 2.000 e a reposição do INPC para demais verbas como vale-alimentação e vale-refeição, assim como para os valores fixos e tetos da PLR. Para 2021, haverá aumento real de 0,5% (INPC + 0,5%).

Seeb Imprensa Pelotas