Juros do crédito rotativo voltam a subir em julho

grandes-bancos-brasileiros

Depois de três meses em queda, a taxa de juros do cartão rotativo voltou a subir em julho, saindo de 12,3% para 12,5% na comparação com junho. É o que aponta o Banco Central.

O Brasil ocupa os primeiros lugares do ranking das maiores taxas do mundo. Ao ano, os juros estavam em 312% em julho. É muito alto. Por isso, o cidadão deve ter cuidado redobrado ao fazer as compras. Se puder, deve fugir do parcelamento. 

O juros rotativo é quando o cliente não paga o valor integral da fatura até a data de vencimento. 

Outra modalidade que costuma levar um bom dinheiro do bolso das pessoas é o cheque especial – aquele dinheiro que o banco deixa disponível na conta, mas que não pertence ao cliente. A taxa fechou julho em 6,5% ao mês. Ao ano estava em 112,7%.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia