Brasil supera 40 mil mortes pela covid-19

Doctor show rapid laboratory COVID-19 test for diagnosis new Corona virus infection(novel corona virus disease 2019 or COVID)from Wuhan, ready for screening and treatment. Pandemic infectious concept

O Brasil ultrapassou as 40 mil mortes pela covid-19 na quinta-feira (11). No total, são 40.920 mortes, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), divulgados às 18h de ontem.

Em casos confirmados, o país acumula 802.828 ocorrências e 30.412 novos casos entre quarta (10) e quinta-feira (11). As curvas de séries históricas acumuladas mostram que tanto os casos como as mortes seguem tendência de alta.

Em relação às mortes causadas pela crise sanitária no mundo, o Brasil só perde, por enquanto, para os Estados Unidos e o Reino Unido, que têm, respectivamente, 113 mil e 41 mil mortes. Já em número de casos o Brasil é o segundo, perdendo apenas para os Estados Unidos, que têm 1,9 milhão de casos, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. A pandemia acumula 417 mil mortes em todo o mundo.

Apesar de a crise sanitária não desacelerar no país, o presidente Jair Bolsonaro continua sua cruzada contra o isolamento social e as medidas de prevenção à covid-19. Na quarta-feira, ele vetou projeto do senador Antonio Anastasia (PSD-MG) que dava ao síndico poder de proibir festas e aglomerações, e também restringir acesso a áreas recreativas nos condomínios. A lei previa esse poder até outubro. Com o veto, as aglomerações, como em festas, podem ocorrer.

Fonte: RBA