Governo do RS anunciará protocolos para volta às aulas na próxima sexta-feira (15)

Atualização sobre situação do enfrentamento ao coronavírus

A proposta do Governo do Estado do Rio Grande do Sul para o retorno das aulas nas redes pública e privada deverá ser apresentada na próxima sexta-feira (15). O anúncio foi feito pelo governador Eduardo Leite ontem (12). Segundo ele, o governo planeja estabelecer, no mínimo, nove protocolos, envolvendo desde questões como a chegada dos alunos na escola, estrutura, limpeza e higiene, até aspectos pedagógicos.

“Esperamos fechar a questão do retorno às aulas até a próxima sexta-feira, para anunciarmos em que condições e como se darão os retornos, tanto na rede pública quanto na rede privada”, afirmou Eduardo Leite, durante transmissão em vídeo, via rede social.

Mesmo sem entrar em detalhes, o governador adiantou que o retorno das aulas será gradual, combinando o ensino à distância — que já vem sendo praticado por muitas instituições de ensino — com o modelo presencial.

Leite fez questão de ressaltar que os protocolos estão sendo discutidos com o Sindicato do Ensino Privado (Sinepe/RS) e promotores de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE), e que as medidas a serem anunciadas incluirão também o ensino superior. “Tudo está sendo discutido”,  disse.

Procurado pela reportagem, o Cpers Sindicato, que representa os professores da rede estadual de ensino, disse que não foi consultado pelo governo, mas que cobrou uma posição e manifestou interesse em colaborar no debate. Ainda de acordo com o Cpers, a volta às aulas deve iniciar pelo ensino superior e privado. Do secretário da Educação, Faisal Karam, a entidade afirma ter ouvido que o governo está buscando uma forma de garantir o encerramento do ano letivo de forma razoável, sem penalizar os professores adentrando em janeiro e fevereiro.

Fonte: Sul21

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini