Documento da PGR confirma intenção de Bolsonaro de proteger seu clã familiar com troca na PF

80a8dec2-c963-448e-90e5-b6e5ed6b81ab

No depoimento do general Augusto Heleno, os investigadores fizeram constar a informação de que Jair Bolsonaro falou em “proteger seus familiares e amigos”

O colunista do UOL, Rubens Valente, informou que, para a Procuradoria Geral da República, consta a informação de que, na fatídica reunião ministerial de 22 de abril, Jair Bolsonaro falou em “proteger seus familiares e amigos”. 

O colunista destacou que se trata do primeiro registro documental de que Bolsonaro teria tratado do assunto na reunião ministerial. 

O termo de declarações do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno, foi assim redigido e assinado pelo ministro, por delegados e por procuradores da República: Heleno foi “perguntado sobre uma fala de Bolsonaro, no vídeo da reunião do dia 22 de abril de 2020, exibido nesta data por ordem do STF, que, no entender da PGR [Procuradoria Geral da República] se refere ao superintende[nte] do Rio de Janeiro, em que o presidente fala em proteger seus familiares e amigos, e perguntado quem são esses familiares e amigos, o depoente respondeu que precisaria assistir ao vídeo para poder responder”.

Fonte: Brasil 247

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE