Presidente argentino estimula população a ser criativa na quarentena

20200505-presidente-argentino-alberto-fernndez

Enquanto o presidente do Brasil dedica o seu tempo a minimizar os riscos da pandemia do coronavírus, hostilizar jornalistas e participar de manifestações golpistas, Alberto Fernández, presidente argentino, tenta estimular nossos vizinhos a cuidarem das crianças e dos adolescentes durante a quarentena.

Em vídeo divulgado no domingo, ele transmite uma mensagem especial para os jovens. Ele inicia a mensagem tocando uma música do músico argentino Luis Alberto Spinetta, conhecido como Flaco Spinetta, que fala sobre cuidar das crianças.

“Este é um tempo de cuidarmos uns dos outros. Nos cuidarmos e ficarmos em casa. Para que o vírus não nos ataque e não nos machuque. E, nós, se eventualmente formos contagiados, não contagiarmos aos outros”, diz.

Dirigindo-se aos adolescentes, ele diz que compreende como é difícil ficar em casa sem poder sair para encontrar os amigos, mas defende que é preciso usar a imaginação e a criatividade para enfrentar os desafios da quarentena. “Este é o momento para que fale com seus amigos pelas telas, passe muito tempo com eles, desenhe, componha músicas. Tirem o melhor de vocês”, diz Fernández. “Esse também é um tempo para que pensem. Cuidem-se, podem contar comigo”, conclui.

Após decretar regras mais rígidas de isolamento social do que no Brasil, a Argentina apresenta uma situação mais controlada em relação aos brasileiros. São 4.874 casos confirmados até o dia 4 de maio e 260 mortes, enquanto o brasil registrava 110 mil casos (22 vezes mais) e 7.485 mortes (28 vezes mais) na mesma data. A população brasileira é apenas cerca de 4,5 vezes maior do que a da Argentina (aproximadamente 210 milhões e 44,5 milhões de habitantes, respectivamente).

Fonte: Sul21

Foto: Reprodução Twitter