Guedes defende congelamento de salário de servidores públicos

20200406050412_d08d7b20-2087-4d15-9d41-b636aa61779c

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu o congelamento de salários de servidores públicos por dois anos. Ele recuou da proposta de corte na remuneração dos funcionários federais, adotando a posição do congelamento salarial, também onerosa para os servidores públicos.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou a deputados do DEM por videoconferência neste domingo (5) que pretende congelar por dois anos o salário do funcionalismo público federal.

O ministro afirmou que o setor público precisa dar exemplo e, para isso, seria necessário congelar os salários durante dois anos, informa o jornalista Manoel Ventura de O Globo

Guedes revelou que sua intenção era promover cortes salariais. A equipe do ministro chegou a escrever uma proposta de emenda à Constituição (PEC) para cortar em 25% os vencimentos dos servidores, com proporcional redução de jornada de trabalho. 

Foto: REUTERS/Adriano Machado

Fonte: Brasil 247