Santander lidera lista de reclamações

ranking_reclamacoes_bc_santander
Como se não bastasse apoiar o golpe e tentar retirar direito dos funcionários por meio da reforma trabalhista, o Santander liderou o ranking de reclamações contra bancos no quarto trimestre de 2017. A organização financeira recebeu 1.700 queixas e chegou ao índice de 42,87 pontos no período.

A Caixa ficou em segundo com 2.913 queixas e 33,24 pontos. O Bradesco, banco que mesmo com lucro líquido de R$ 14,1 bilhões fechou mais de 500 postos de trabalho, ocupa a terceira posição.

Os motivos principais foram as irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços, com 1.894 ocorrências. Na sequência, com 1.580 casos, aparece oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de maneira inadequada.

Na lista, estão os bancos e financeiras com mais de 4 milhões de clientes. Os dados são do Banco Central, que calcula o ranking a partir das demandas do público captadas nos canais de atendimento.

SBBA