Dia Nacional de luta: Hoje é dia de vestir preto na Caixa

download

Os empregados da Caixa de todo o Brasil vestirão preto, nesta sexta-feira (15), para o Dia Nacional de Luta em Defesa da Caixa. O governo Bolsonaro e a nova direção do banco vêm promovendo diversos ataques contra os funcionários e contra o caráter público da Caixa. O presidente Pedro Guimarães já anunciou que pretende fatiar a empresa e privatizá-la em pedaços. Áreas como seguros, cartões, assets e loterias, que estão entre as mais lucrativas do banco estão na mira da nova direção do banco. O governo Bolsonaro…

Leia Mais

Empregados da Caixa vestirão preto no Dia Nacional de luta na sexta-feira (15)

empregados-da-caixa-vestirao-preto-no-dia-nacional-de-luta-n_96472fecaab81ca404848cd314c16260

O governo Bolsonaro e a nova direção do banco vêm promovendo diversos ataques contra aos empregados e contra o caráter público da Caixa. O presidente Pedro Guimarães já anunciou que pretende fatiar a empresa e privatizá-la em pedaços. Áreas como seguros, cartões, assets e loterias, que estão entre as mais lucrativas do banco estão na mira da nova direção do banco. Além disso, na última semana a imprensa noticiou que, a pedido de Pedro Guimarães, o banco deve fazer uma provisão de aproximadamente R$ 7…

Leia Mais

Presidente da Caixa foge dos trabalhadores

presidente-da-caixa-foge-dos-trabalhadores_52f29d6e0cb1952f6ba701884682f421

Banco recusa pedido de reunião feito pela Contraf-CUT para que sejam esclarecidas medidas em andamento O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, se recusou a atender à solicitação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) para que sejam esclarecidas as mudanças que estão sendo implantadas no banco desde o início de sua gestão. O banco alega que não há necessidade de realizar uma audiência para esclarecer os pontos levantados pelos empregados, pois a mesa permanente de negociação cumpre esse papel. A próxima mesa está…

Leia Mais

Manobra no balanço é para esconder lucro da Caixa

fachada_caixa_2

Presidente do banco ordenou provisão de R$ 7 bi para cobrir supostas perdas com dívidas duvidosas; manobra esconde lucro e reduz PLR dos empregados O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, segundo informações divulgadas pela agência de notícias Reuters, pediu para que seja feita provisão extraordinária de aproximadamente R$ 7 bilhões para perdas esperadas com calotes na carteira de financiamento imobiliário e a desvalorização de imóveis retomados pelo banco. Uma análise feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostra, porém, que a inadimplência…

Leia Mais

Empresário leva gravata, é expulso de banco e acusa Caixa de racismo

crispim-terral1

O gerente da Caixa Econômica Federal envolvido em uma confusão com um cliente em Salvador foi afastado das atividades. A informação foi divulgada no site da Caixa na manhã da última quarta-feira (27). Crispim Terral, de 34 anos, relatou que, em 19 de fevereiro, foi vítima de racismo e agredido por policiais militares acionados pelo gerente. Ele postou a denúncia nas redes sociais nesta segunda-feira (25). O post foi acompanhado de um vídeo que mostra o momento em que Terral leva um “mata-leão” de um policial. Na…

Leia Mais

Com nova diretoria, Caixa começa venda de ativos

MatrizCaixaMauTempo1

Em comunicado oficial, o Banco anuncia cinco vice-presidentes da instituição A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (26/02) cinco novos vice-presidentes da instituição.  De acordo com o comunicado oficial, três executivos do mercado financeiro, que não são empregados de carreira do banco, passam a integrar o comando do maior e mais relevante banco público da América Latina. São eles: Luciane Ribeiro, na vice-presidência de Administração e Gestão de Ativos de Terceiros; André Laloni,  na vice-presidência de Finanças e Controladoria; e Claudio Salituro,  na vice-presidência de…

Leia Mais

Pedro Guimarães anuncia privatizações na Caixa 

pedro-anuncia-privatizacoes-na-caixa_de451327bb735116e9585a7564c9b0a9

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, em encontros com bancos de investimento, deu início ao processo privatista do banco público, com o argumento de estar realizando apenas desinvestimentos e capitalização. O processo está sendo coordenado por André Laloni, consultor contratado, em alinhamento com o secretário especial de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia, Salim Mattar. Desde a sua posse, Pedro Guimarães, fiel ao governo de Bolsonaro, vem reafirmando a estratégia para o maior banco público do país e da América Latina, que…

Leia Mais

Frente em Defesa do Patrimônio Público será relançada nesta quinta, em Porto Alegre

DtKstxwXoAA4yM-

Evento acontece a partir das 18h no Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa do Estado A Frente em Defesa do Patrimônio Público será oficialmente relançada nesta quinta-feira, 21/02, às 18h, no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Os últimos detalhes do evento foram definidos em reunião ocorrida na manhã da segunda-feira, 18, no auditório do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre. Integrada pela CUT-RS, sindicatos e federações que representam funcionários de empresas estatais federais e estaduais, a Frente visa intensificar…

Leia Mais

Fenae denuncia início de desmonte acelerado da Caixa

AGENCIA CAIXA 0111

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) chama atenção de toda a sociedade para a operação de desmonte acelerado que ocorre no banco.  Na edição desta terça-feira (19), o jornal Valor Econômico informa que a Caixa deu início ao “processo de desinvestimento e capitalização com uma agenda frenética de encontros com bancos de investimento”. Na prática, a presidência da Caixa está iniciando as negociações para o fatiamento de ativos societários, que inclui, portanto, a venda dos produtos e serviços mais rentáveis, seguindo…

Leia Mais

Fenae defende Caixa 100% pública e repudia IPO de seguros, cartões, loterias e gestão de recursos

12073_FD_1549552446

Proposta de reestruturação com abertura de capital de quatro subsidiárias, anunciada nesta semana em São Paulo, ameaça papel social do banco. A importância do caráter público da Caixa Econômica Federal, somada a uma política de valorização dos empregados, precisa ser reafirmada sempre e em qualquer situação. A defesa da instituição 100% pública, forte e social ficou evidente nesta quarta-feira (30) em São Paulo, durante evento do Credit Suisse com 650 investidores privados, depois que o presidente do banco, Pedro Guimarães, anunciou proposta de fazer a…

Leia Mais