8M em Pelotas: mulheres lembram Marielle e pedem justiça

_MG_5319

Mesmo com a chuva que caiu sobre Pelotas, na sexta-feira, dia 8 de março, um bom número de mulheres se fez presente no largo Mercado Público para denunciar a violência contra as mulheres e pedir justiça no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco, no Rio de Janeiro, que segue sem solução, mesmo já passado um ano.

O ato for organizado por entidades sindicais, coletivos sociais e demais movimentos que compões – ou se solidarizam – com a luta das mulheres em todo o país. A mobilização, que é internacional, relembra, historicamente, a morte de cerca de 600 operárias, em uma fábrica de roupas, nos Estado Unidos, vítimas de um incêndio criminoso.

Hoje, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas pra os Direitos Humanos (ACNUDH), o brasil ocupa o 5º lugar no ranking mundial de feminicídio. Para se ter uma ideias, apenas em 2016, dados do Ministério da Saúde indicam o número de 62.517 homicídios. Esse número equivale a uma taxa de 30,3 mortes para cada 100 mil habitantes (30 vezes maior que a taxa da Europa).

Imprensa Seeb Pelotas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *