#BolsonaroDay: internautas relembram mentiras ditas pelo presidente

bolsonaroday (1)

Pelas redes sociais, internautas usaram o 1º de abril, conhecido como dia da mentira, para relembrar as mentiras ditas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), utilizando a hashtag #BolsonaroDay. No Twitter, o assunto ficou entre os mais comentados desta manhã.

Internautas citam algumas frases ditas pelo presidente que foram contestadas ou até mesmo desmentidas. Um dos assuntos mais comentados pelos opositores é a questão da pandemia de covid-19, em que o presidente negou a gravidade do vírus, defendeu medicamentos sem eficácia para tratar a doença e recusou a compra de diversas vacinas utilizadas pelo mundo.

A página Desmentindo Bolsonaro, ao longo do dia de hoje, fará uma postagem a cada 30 minutos mostrando as afirmações falsas do presidente. “Uma das mentiras mais criminosas do presidente Jair Mentira foi vender a ilusão para uma parte da população de que a ‘imunidade de rebanho’ por contaminação seria a solução para a pandemia”, escreve o perfil, acompanhado de um vídeo mostrando a contradição de Bolsonaro.

As redes sociais também usam a hashtag #BolsonaroDay para relembrar outras mentiras do presidente, como ter negado que estaria ao lado do centrão para governar ou até a promessa de que acabaria com a política de preços internacionais da Petrobras.

“Bom dia! Hoje é dia de homenagear o maior mentiroso do Brasil. Parabéns, Jair Bolsonaro! #BolsonaroDay”, escreveu o senador Humberto Costa (PT-PE). A página Quebrando o Tabu também usou o dia da mentira para desmascarar o presidente. “Sabe por que o dia da mentira pode ser chamado de #BolsonaroDay? Joga no Google “Bolsonaro mente” e descobre… O Bolsonaro mente sobre kit gay, rachadinha, meio ambiente, vacinas, máscaras, urnas eletrônicas…difícil achar um assunto em que ele não mente”, tuitaram.

Fonte: Rede Brasil Atual