Importância da vacinação: Pelotas apresenta queda no número de casos diários de Covid-19

Design sem nome – 2021-07-12T105747.368

Investigado por estimular o contágio intencional da população brasileira pela Covid-19, na CPI que está em curso no Senado Federal, e sob suspeita de irregularidades na compra da vacina Covaxin, o governo federal não foi capaz de imunizar a população brasileira a tempo de evitar as mais de 500 mil vidas perdidas em todo o país. Somente em Pelotas, já são 1031 óbitos em decorrência da contaminação pela doença.

Ao contrário do que afirmava o governo, a vacinação tem se mostrado a medida mais eficaz no combate à disseminação do vírus, com a comprovação de diminuição do número de casos na medida em que se torna possível avançar no processo de imunização.

Mesmo que Pelotas tenha vacinado apenas 19% da população, com a segunda dose do imunizante, 47,5% já receberam pelo menos a primeira dose. Esses números, ainda longe do ideal, já parecem estar produzindo um efeito positivo. Nas últimas 24h, o município registrou 42 novos casos da doença, um número bem menor do que estava sendo a tônica diária.

As mortes diárias, provocadas pela Covid-19, no entanto, permanecem. Somente no domingo (11), mais duas pessoas morreram por complicações causadas pelo contágio do coronavírus. Já a ocupação nos leitos de UTI diminuiu. Está em 61%, sem que pacientes aguardem por leitos de UTI.

Redação: Eduardo Menezes / SEEB Pelotas e Região