Rentabilidade da Caixa ameaçada com privatização

Conquista da CEE_Caixa_

Todos os esforços do governo e da direção do banco estão voltados para privatização da Caixa, através das subsidiárias. Para isso, tentam deixá-las mais atrativas e rentáveis, como é o caso do o aplicativo Caixa TEM com a inclusão do marketplace e do DPVAT.

O banco digital está na mira para ser vendido, mesmo sem nem sequer ter sido criado ainda. A nova subsidiária é resultado do trabalho e expertise dos empregados da Caixa, mas deve ser entregue ao capital privado o mais rápido possível. Ao transferir as principais atividades da instituição financeira para o banco digital, poderá tirar a rentabilidade do banco público, e com a abertura de capital, ela será dividida com o mercado privado.

A ameaça mais recente foi a criação de um marketplace, que consiste em um espaço online para lojistas venderem seus produtos, para turbinar o Caixa TEM. A plataforma foi totalmente desenvolvida pela Caixa, através dos empegados, e pretendem transferi-la para o banco digital. 

Outra proposta para agregar valor ao aplicativo é a gestão do DPVAT (seguro obrigatório para acidentes de trânsito). Para receber o seguro na Caixa, as vítimas devem possuir uma conta digital no Caixa TEM, criada automaticamente pelo banco público e de forma gratuita. O governo privatista de Bolsonaro tenta a todo custo gerar um grande potencial de mercado para a subsidiária digital que está sendo criada. Entrega do patrimônio nacional para a iniciativa privada. 

Fonte: SBBA