Rendimento dos trabalhadores é menor na pandemia

Design sem nome – 2020-12-09T150031.609

Em outubro, os rendimentos médios dos brasileiros corresponderam a 92,8% da renda habitual. O Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) aponta também que os trabalhadores por conta própria foram os mais atingidos pela queda de renda por causa da pandemia de Covid-19. Receberam 83,2% do recebido habitualmente. 

Enquanto os empregados formais do setor privado com carteira assinada e os funcionários públicos receberam 96% do rendimento, o percentual dos que também trabalham na iniciativa privada, mas sem carteira assinada, foi de 90,7%. 

Além disso, 4,75% dos domicílios sobreviveram apenas com o auxílio emergencial de R$ 600,00. O percentual corresponde a 3,25 milhões de lares. Uma queda de 1,25 em relação a setembro devido à redução do benefício à metade. 

Sem ações do governo, os dados da pesquisa indicam ainda que 30% dos domicílios receberam, em outubro, a metade do valor do auxílio de setembro. Entre os lares de renda muito baixa, a proporção alcançou 40%. 

Fonte: SBBA

Arte: Seeb Pelotas