Nova suspensão de prova de vida serve de alerta para idosos evitarem agências bancárias, em Pelotas

95d73939-fca4-4a5f-aae9-d59f24ebf84c-1

Mesmo com a informação, divulgada na última sexta-feira (27), de que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspendeu, mais uma vez, a exigência da prova de vida, neste mês de dezembro, muitos aposentados seguem procurando as agências bancárias com receio de que ocorra um bloqueio no pagamento de seus benefícios.

Essa movimentação tem colocado essas pessoas em risco, já que Pelotas está registrando um grande aumento de casos de Covid-19. Ainda sem leitos de UTI COVID, o município registrou mais 200 novos casos de coronavírus, nesta última quarta-feira, dia 2 de dezembro. Ao todo, a cidade já contabiliza 9.452 infectados e 185 óbitos decorrentes da doença.

Conforme divulgou a Prefeitura, no último boletim com o perfil de infectados, os idosos seguem entre os grupos com a maior incidência de contaminação, ficando atrás apenas dos profissionais da saúde. As mulheres aparecem com um percentual de contaminação maior do que os homens; sendo este índice de 56,7% e 43,3%, respectivamente.

Redação e foto: Eduardo Menezes/Seeb Pelotas