Caixa reabre PDV até o dia 11 de dezembro

2Adesao400 02.12

A Caixa reabriu o Programa de Desligamento Voluntário (PDV). As adesões começam nesta quarta-feira (02) e vão até o dia 11 de dezembro. Segundo informações da Caixa, as regras continuam as mesmas do último programa aberto, com o objetivo de adequar o banco à Emenda Constitucional nº 103, da reforma da previdência. No primeiro PDV, foram abertas mais de 7,2 mil vagas. Mas a adesão ficou abaixo da expectativa. Cerca de 2,3 mil empregados aderiram ao programa.

Um dos motivos para a reabertura do PDV seria o número baixo de adesão dos empregados ao programa. “O que estamos vendo é o total desmonte da Caixa. A Caixa reabriu o PDV logo após o início de uma reestruturação, sem nenhum planejamento. O que parece é que o único intuito foi pressionar os empregados a aderirem ao Plano, pois a Caixa não alcançou o objetivo de mais de sete mil adesões”, afirmou o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto.

A Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) orienta que os trabalhadores estejam seguros da escolha. “Essa é uma mudança para toda a vida. Então os empregados devem estar seguros dessa mudança. O sindicato estará sempre à disposição dos trabalhadores”, afirmou a coordenadora Comissão, Fabiana Uehara Proscholdt.

Pressão para saída

Um dos motivos para a reabertura do PDV seria a saída de empregados ter atingido um número abaixo do esperado. Alguns empregados têm denunciado a pressão de seus superiores para a adesão ao programa. Relatos dão conta de que as funções estão congeladas, obrigando os empregados ao descomissionamento.

Fonte: Fenae, com edição Seeb Pelotas