Pelotas terá segundo turno e tem uma mulher como vereadora mais votada

TSE – Tribunal Superior EleitoralUrna eletrônica

As eleições deste último domingo (15), em Pelotas, deixaram ainda mais claro que existem dois projetos bem definidos para a cidade: o da continuidade, representado pela atual prefeita, Paula Mascarenhas (PSDB), e o da mudança, encarnado, agora, apenas pelo candidato do PT, Ivan Duarte. Os demais partidos que fizeram uma real oposição à atual gestão, no primeiro turno, devem se somar ao candidato petista para aglutinar forças nesta reta final.

O provável apoio do ex-prefeito, Fetter Júnior (PP), à atual prefeita, permitirá aos eleitores mais desavisados perceberem que Fetter e Paula representam o mesmo grupo político que está no poder há 16 anos. Mesmo que esta aliança possa não ser oficializada, é importante lembrar que Paula, e o atual governador do Estado, Eduardo Leite, atuaram fortemente nos governos Bernardo de Souza e Fetter Júnior, sendo, inclusive chefes de gabinete.

Vereadora mais votada

A vereadora Fernanda Miranda, do PSOL, consagrou-se a vereadora mais votada de Pelotas. Com 4.899 votos, neste último pleito, ela teve 3.649 votos a mais do que na sua última participação, em 2016, quando obteve 1.250 votos. O PSOL teve, ainda, outra votação expressiva, com Jurandir Silva, ex-candidato à prefeito, que somou 3.645 votos, e foi o segundo vereador mais bem votado na cidade.

Redação Seeb Pelotas

Foto: Antônio Augusto / ASCOM / TSE