Hemocentro de Pelotas necessita de sangue A- e 0- com urgência

44625154055_9354f6caba_k

Os estoques do Hemocentro de Pelotas (HemoPel) estão cerca de 80% abaixo do necessário. Apesar de a escassez ser de todos os tipos de sangue, nos casos de O e A negativo a preocupação é ainda maior, pois o provimento dos dois está praticamente zerado.

O HemoPel é responsável por abastecer três hospitais da cidade – São Francisco de Paula, Pronto Socorro e Beneficência Portuguesa, além de outros 24 municípios da região Sul e da Campanha que dependem desta fonte. Uma das dificuldades enfrentadas é a redução da circulação da população, devido à pandemia do coronavírus.

É urgente que pessoas saudáveis, sem sintomas gripais, que não tiveram contato com alguém com suspeita ou confirmação de Covid-19, doem. O Hemocentro está aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

A equipe do Hemocentro está tomando todas as medidas de higiene necessárias para que os doadores possam se sentir seguros. Tudo é higienizado a cada atendimento – mesa, cadeira e até as canetas utilizadas. Todos – doadores e equipe – usam máscara durante o tempo em que permanecem no local.

O processo – desde a chegada, cadastro, entrevista e doação – dura cerca de 30 minutos e o sangue poderá ser usado por pessoas acidentadas, que passarão por cirurgias, que têm leucemia e diversas outras situações.

Fonte: Diário da Manhã

Foto: Marcel Avila/Prefeitura de Pelotas