Câmara aprova lei que prioriza atendimento de profissionais de saúde em estabelecimentos

118468074_3313881358666914_4767882148679662232_o

A Câmara de Vereadores de Pelotas aprovou por unanimidade, na última quarta-feira (26), a lei que garante atendimento prioritário aos profissionais da saúde em estabelecimentos comerciais (públicos e privados) de Pelotas, enquanto durar a pandemia de Covid-19.

O autor da lei, o vereador Marcos Ferreira (PTB), que preside a Comissão de Saúde, justifica a proposta com a necessidade de garantir aos profissionais, da saúde pública e privada, mais tempo para que possam cumprir suas atividades pessoais, uma vez que enfrentam jornadas exaustivas e longas na linha de frente do combate à pandemia. “São trabalhadores que precisam estar descansados e disponíveis para qualquer eventualidade, por isso, se podemos garantir que não percam tempo em filas e possam pagar suas contas e fazer suas compras com agilidade, devemos fazer isso”, justifica.

Conforme o texto aprovado, o atendimento prioritário ocorrerá mediante apresentação de documento que identifique a pessoa como profissional da área da saúde, como, por exemplo, identidade funcional de classe, crachá da unidade de saúde empregadora, Carteira de Trabalho com contrato de trabalho em vigor e outros mais que puderem servir para auxiliar na identificação do profissional da área da saúde.

A lei agora segue para sanção da prefeita Paula Mascarenhas.

Com informações Diário da Manhã

Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Pelotas