Agência Bradesco Centro fecha para higienização

bradescohigcorona

Casos de covid-19, entre bancários, cresce em Pelotas

Na manhã desta quarta-feira (5), a Agência Centro, do Bradesco, teve de ser fechada depois que um funcionário testou positivo para o covid-19. A situação, em toda a cidade, preocupa, já que, segundo o levantamento do Observatório de Segurança Pública, 31,6% dos infectados, no município, estão classificados em categorias que teriam a possibilidade de ficar em casa para evitar o risco de contágio.

De acordo com o diretor do Sindicato e funcionário do Bradesco, Sérgio Seus, é preciso que o Banco fique atento às medidas de prevenção, sobretudo, agora, em que o sistema de saúde de Pelotas oscila em direção ao colapso, já tendo, inclusive, atingido 100% de ocupação. “Ressaltamos a importância de respeitar o revezamento de 50%, nas agências bancárias, porque quando tem um caso confirmado é preciso trocar a equipe e, se a equipe se cruzou, a agência fica fechada”, enfatiza.

Além disso, a direção do Sindicato tem chamado à atenção para a importância de que se realizem exames periódicos nos funcionários. “Aqui, em Pelotas e na Região, até agora, apenas o Bradesco forneceu os testes para os funcionários. Já temos relatos de casos de empregados do Banco do Brasil e do Santander que testaram positivo para o covid-19, além do funcionário identificado no Bradesco”, avalia o diretor Sérgio Seus, com preocupação.

O último boletim divulgado pela Prefeitura registrou 25 óbitos em Pelotas,  mas, mesmo diante desse quadro, a pressão do empresariado local tem se sobreposto ao interesse público, já que a proximidade do Dia dos Pais parece estar sendo determinante para que seja protelado para o final de semana uma tomada de posição mais enérgica por parte do Poder Público, com a aplicação do lockdown.

Seeb Imprensa Pelotas