Desemprego sobe em meio à pandemia da Covid-19

Carteira-de-trabalho-usada

Com o governo incapaz de socorrer trabalhadores e garantir que empresas não demitam os funcionários, a taxa de desemprego volta a subir no país. Em meio à pandemia do coronavírus, o índice de pessoas sem empregos formais chegou a 12,6% no trimestre entre fevereiro e abril deste ano, atingindo 12,8 milhões de pessoas.

Os dados são da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, do IBGE, que também revelam queda recorde na taxa da população ocupada de 5,2%, quando comparado ao trimestre anterior. A redução representa uma perda de 4,9 milhões de postos de trabalho. O IBGE indica que os números já são reflexos da pandemia do coronavírus, que paralisou setores da economia.

Houve também uma queda na informalidade, que registrou 38,8% quando chegou a bater 40,9% no mesmo trimestre de 2019. 

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia