Brasil tem 1.039 mortes em 24 horas

covid26

Falta de testes do novo coronavírus deixa o Brasil em uma situação de incertezas quanto ao controle da pandemia313

O Brasil voltou a registrar mais de mil mortes pela covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, no intervalo equivalente a um dia. Foram 1.039 vítimas nas últimas 24 horas, segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado na noite desta terça-feira (26), dia em que se completam três meses desde o primeiro caso oficial da infecção registrado no país. Com isso, já são 24.512 vítimas no país.

O número de infectados também segue em rápida ascensão, com um total de 391.222 casos, já somados os 16.324 oficialmente registrados de ontem para hoje. A subnotificação é realidade pela baixa disponibilidade de testes, que afeta mais alguns estados do que outros.

Minas Gerais é um dos exemplos de flagrante subnotificação. O estado compõe a região Sudeste, que apresenta os maiores índices do país. Entretanto, os números oficiais divulgados pelo governo Romeu Zema (Novo) são muito inferiores do que os vizinhos.

Com 6.962 doentes e 230 mortes declarados, Minas registra um número nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), quadro que pode ser provocado pelo coronavírus, oito vezes maior do que tinha registrado a essa altura do ano passado, com 1.435 mortes. Em entrevista coletiva concedida hoje, o subsecretário estadual de Vigilância em Saúde, Dario Ramalho, admitiu a subnotificação.

Mais problemáticos

São Paulo segue como epicentro da doença no país: foram 203 mortes nas últimas 24 horas. São 6.423 mortes já registradas e 86.017 casos. A ocupação dos leitos de UTI é de 87,7% na Grande São Paulo. Mesmo com o feriadão antecipado pelas gestões Doria e Bruno Covas, a taxa de isolamento ficou em 53% na capital e 51% no estado. A expectativa era de 55% de isolamento, o que foi atingido apenas no domingo. 

Porém, pelo balanço divulgado hoje, o Rio de Janeiro superou o número diário de mortes de São Paulo pela primeira vez. Foram 256 vítimas contabilizadas em um dia. Os casos registrados oficialmente são 40.024, e as mortes somam 4.361.

Curva epidemiológica dos estados mais afetados pelo novo coronavírus

Foto: Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Rea

Fonte: Rede Brasil Atual