Pesquisa XP: 57% veem economia no caminho errado

gggg (1)

Foto: Marcos Corrêa/PR

Além de uma percepção de gestão desastrosa na Saúde, os brasileiros também não confiam mais na política econômica de Paulo Guedes

A pesquisa XP/Ipespe, divulgada na quarta-feira (20), mostra que a maioria da população brasileira reprova a condução da economia no governo de Jair Bolsonaro, abalando ainda mais a imagem do ministro Paulo Guedes. Para o levantamento, a XP/Ipespe realizou 1.000 entrevistas de abrangência nacional, entre os dias 16 e 18 de maio. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Segundo o levantamento, o grupo que avalia que a economia está no caminho errado saltou de 52% para 57%. Enquanto isso, os que veem a economia no caminho certo passaram de 32% para 28%.

Sobre o auxílio emergencial, a pesquisa mostrou que 34% afirmaram que alguém em seu domicílio já recebeu o benefício emergencial de R$ 600 e outros 14% afirmaram que ainda vão receber o dinheiro.

Avaliação de Bolsonaro

A atuação de Bolsonaro na crise é vista como boa ou ótima por 21% e como ruim ou péssima por 58%. Já sobre avaliação do desempenho do governo, o percentual de brasileiros que consideram o governo Jair Bolsonaro ruim ou péssimo subiu de 42% para 50% entre 24 de abril e 20 de maio.

Isolamento social

A pesquisa mostrou, ainda, que se mantém alto o apoio ao isolamento social como medida de enfrentamento à pandemia. Para 76%, ele é a melhor forma de se prevenir e tentar evitar o aumento da contaminação pelo coronavírus, enquanto 7% discordam. Outros 14% avaliam que ele está sendo exagerado. Em relação à duração do isolamento, 57% defendem que ele deve continuar até que o risco de contágio seja pequeno.

Fonte: Brasil 247