Coronavírus: Maioria dos contaminados no Brasil tem de 20 a 39 anos

cdc-hXHpw1v7_ZE-unsplash

Estudo aponta que apesar dos óbitos no país serem maiores em pessoas acima de 60 anos (85%), o percentual de mortes entre pessoas com até 50 anos supera países como EUA, Espanha e Itália

Um estudo elaborado por especialistas da Fiocruz aponta que a maioria das internações decorrentes do novo coronavírus são de pessoas jovens, com idade entre 30 e 49 anos. “Não estamos falando de casos leves ou assintomáticos. Nos referimos a pessoas que adoeceram com gravidade e engrossaram a triste estatística de casos confirmados. E casos confirmados em nosso país, sem testes e com altíssima subnotificação, são os mortos e os internados em hospitais com um quadro grave da Covid-19”, destacou a pneumologista Margareth Dalcolmo. 

Segundo reportagem do jornal O Globo, o estudo, elaborado de forma conjunta com o portal Covid-19, aponta que, apesar dos óbitos no país devido à Covid-19 serem maiores em pessoas acima de 60 anos (85%) – seguindo a tendência mundial – , o percentual de mortes entre pessoas com até 50 anos supera o registrado em países como Estados Unidos, Itália e Espanha. 

De acordo com o levantamento, 7% das pessoas que vieram a falecer devido a complicações causadas pela Covid-19 tinham entre  40 e 50 anos. Outros 3,9% estavam situados na faixa etária entre 20 e 39 anos. 

O especialista em análises numéricas, Domingos Alves, do portal Covid-19 Brasil, cita o Rio de Janeiro como exemplo, ao afirmar que 43% das internações ligadas à doença alcançam pessoas entre 30 e 40 anos. “A despeito do número de óbitos ser maior nas idades mais avançadas, existe um significativo percentual de jovens sendo internados” afirma Alves, que também é especialista em modelagem computacional e líder do Laboratório de Inteligência em Saúde (LIS) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo.

Fonte: Brasil 247