Presidente do Santander Portugal morre contaminado com coronavírus

vieira monteiro

Presidente do Santander Portugal morre após ser contaminado com coronavírus

O presidente do Santander Portugal (conhecido no país como Santander Totta), António Vieira Monteiro, morreu na última quarta-feira, 18, segundo a imprensa local. Ele estava em quarentena e faleceu no hospital Curry Cabral, em Lisboa, depois de ser infectado com a covid-19.

O Santander ainda não fez nenhum comunicado oficial sobre o falecimento de seu principal executivo em Portugal.

Segundo o Jornal Económico, de Portugal, Vieira Monteiro esteve de quarentena no início de março após uma viagem a Itália e estava na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) na última semana.

Vieira Monteiro tinha 73 anos. Além de sua carreira no Santander Totta (exercendo cargo de CEO desde 2012), foi vice-presidente da Caixa Geral de Depósitos entre 1993 e 2000.

Ele foi a segunda vítima fatal provocada pelo coronavírus em Portugal. O país registra, até o presente momento, 448 casos da Covid-19.

Com informações InfoMoney e Agência Estado