Itaú Unibanco deve fechar 400 agências até o fim deste ano

itaurio

O presidente do Itaú Unibanco anunciou durante uma teleconferência sobre os resultados do banco no terceiro trimestre que 400 agências serão fechadas em todo país até o final do ano. Além disso, 3,5 funcionários da instituição aderiram ao programa de demissão voluntária anunciado em setembro. A medida foi divulgada pelo jornal O Globo.

 O presidente do Itaú, Candido Bracher, disse que as agências fechadas estão a menos de 500 metros de outras agências.

 Em relação ao programa de demissões, 50% dos funcionários que estavam elegíveis para o desligamento aderiram, gerando um efeito de R$ 2,4 bilhões nos números do banco neste trimestre, antes de impostos.

 “O fechamento de agências não impacta o atendimento ao público, tanto que temos crescimento do índice de satisfação dos clientes. É claro que as agências próximas umas das outras vão se esgotando e a decisão de fechar daqui para a frente vai requerer uma análise mais profunda. Mas não digo que não vai acontecer”, afirmou Bracher.

O banco usa a narrativa de que o fechamento das unidades faz parte do processo de digitalização das agências. O Itaú anunciou um lucro líquido de R$ 7,1 bilhões no terceiro trimestre deste ano, um crescimento de quase 11% em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo assim, continua com as demissões e o fechamento das agências.

Foto: Gustavo Azeredo / Agência O Globo