Santander quer lucrar com a crise

getnet-telefone-1-e1485259269753

O Santander aumentou o lucro para R$ 4,615 bilhões no primeiro semestre de 2017. Um recorde em seis meses. Mas, nada é suficiente para o tamanho da ganância do banco espanhol. Agora, a empresa capitaliza a venda da máquina de cartões Getnet da forma mais desrespeitosa possível. O slogan da campanha é “Empreendedor. Esta é a sua nova carteira de trabalho”.

Ou seja, o banco quer pegar carona na crise para que milhões de desempregados (atualmente são mais de 14 milhões), forçados a empreender em busca de rendimento, adquiram a máquina de cartões da empresa.

E piora. A relação com a nova carteira de trabalho vem da precarização que será imposta com a nova lei trabalhista, apoiada claramente em declarações do presidente da empresa, Sérgio Rial, porque reduz os custos ao retirar direitos históricos conquistados pela categoria bancária.

Falência

Importante saber que, no Brasil, ser empreendedor não é tão fácil como parece. Os dados mostram. De cada 10 empresas, seis não sobrevivem após cinco anos de atividade, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No ano passado, as falências decretadas subiram 14,7% e os pedidos de recuperação judicial cresceram 49,4%. Tudo errado.

Fonte: SEEB Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *