“Trump ameaça trazer uma guerra civil para a América do Sul”

celso_amorim_0

Celso Amorim: “ameaça tem que ser repudiada com veemência”.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse sexta-feira (11) não descartar uma intervenção militar na Venezuela em função da crise política vivida pelo país.

“Não vou afastar uma opção militar, temos muitas opções para a Venezuela. É um vizinho”, afirmou Trump em seu clube de golfe de Bedminster, Nova Jersey, onde passa suas férias. “Temos tropas em todo o mundo, em lugares muito distantes, e a Venezuela não fica tão longe. As pessoas lá estão sofrendo, morrendo.”

Para o ex-chanceler e ex-ministro da Defesa Celso Amorim, é preciso repudiar a postura de Trump. “A ameaça de uso da força tem que ser repudiada com veemência. Além de violar princípios básicos do Direito Internacional, ameaça trazer uma guerra civil (um novo Vietnã) para a América do Sul e a nossa fronteira”, sustenta.

Em artigo publicado na RBA, o senador pelo PT-RJ Lindbergh Farias e a professora de História da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)  Jaldes Meneses criticaram o posicionamento do governo brasileiro na crise venezuelana.

Fonte: Sul21

Foto: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *