Bancários denunciam piora nas condições de trabalho

download

Depois do fechamento de 402 agências, transformação de outras 379 em postos avançados de atendimento (PAA) e quase nove mil demissões, as condições de trabalho dos funcionários do Banco do Brasil pioraram muito. Inúmeras denúncias de gerentes de PAA que estão atuando como gerentes gerais, sobrecarregados e sem receber salário por isso.

Gerentes de PAA estão recebendo comunicados como se fossem administradores, convocados para reuniões de gerentes gerais. A única saída possível para esse caos está na luta coletiva. Os funcionários devem se conscientizar que não haverá melhoria nas condições de trabalho e fim do desvio de função se não se engajarem nos sindicatos.

Essa situação está levando ainda a outros desvios. As metas dos PAA continuam existindo, separadas das metas das agências centralizadoras, e os gerentes gerais ainda querem que os gerentes de PAA façam negócios para a centralizadora.

Diante desse quadro, os funcionários temem também o fechamento dos PAA e não terem para onde ir. As carteiras de clientes estão sendo migradas para Escritórios Digitais.

Há desconfiança dos trabalhadores com o banco porque as promessas de adequação das funções e do salário dos gerentes de PAA feitas no Encad (Encontro de Administradores) não foram cumpridas.

Fonte: Spbancarios

Foto: Seeb-SP

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *