Caixa anuncia concurso público, mas editais não contemplam reivindicação do Movimento Sindical

Em janeiro de 2024, a Contraf-CUT enviou um ofício à Caixa Econômica Federal cobrando que o concurso público contratasse mais do que as 4 mil vagas anunciadas, para que fosse possível acabar com a sobrecarga de trabalho, principalmente nas agências.

Lucas da Cunha, diretor do Sindicato dos Bancários de Pelotas e Região (SEEBPel), avaliou a situação. “Recebemos a notícia do lançamento do edital do concurso da Caixa com um misto de alegria e preocupação. Apesar de ser importante a retomada das contratações, a previsão de apenas três vagas para o polo de Pelotas, que envolve mais de 10 cidades, incluindo Rio Grande e Bagé, não deve suprir as possíveis saídas do futuro PDV. Nossa região já possui uma defasagem gigantesca de empregados devido a diversos processos ocorridos e ao acúmulo de perdas de funcionários nos últimos 10 anos. Precisamos de, no mínimo, 10 vezes mais empregados do que o previsto. Seguiremos cobrando da Caixa melhores condições de atendimento à população e menor sobrecarga de trabalho aos empregados. Isso somente ocorrerá com a contratação de mais empregados”.

Na mesma linha do diretor do SEEBPel, a coordenadora da CEE, Fabiana Uehara Proscholdt, já havia avaliado a situação, no início deste ano: “já existe sobrecarga de trabalho em todas as unidades do banco. Com o Programa de Demissão Voluntária (PDV), o quadro de trabalho pode reduzir ainda mais e piorar o adoecimento e o afastamento para tratamento de saúde, o que leva a mais uma redução do quadro efetivo de trabalho e novo aumento da sobrecarga, criando um círculo vicioso que prejudica não apenas os empregados e empregadas, mas toda a população brasileira, que precisa do atendimento da Caixa”, observou à época.

Mesa de Negociação

Na mesa de negociação com a Caixa no dia 06/02, a Comissão Executiva de Empregados (CEE) reiterou a reivindicação e expressou a preocupação com o número de contratações, insuficiente para cobrir o déficit de funcionários(as) que há atualmente no banco, o que tem sobrecarregado e adoecido quem está nos postos de trabalho.

Sabrina Muniz, diretora da Fetrafi-RS e representante do RS na CEE Caixa, lamenta que a direção da Caixa não tenha levado em conta uma reivindicação tão importante. “Manifestamos de diversas formas a necessidade de mais contratações pois, apesar de importante, 4 mil contratações são insuficientes para suprir as necessidades e diminuir a sobrecarga da trabalho na Caixa. Vale lembrar que das 4 mil vagas, 2 mil são para a área de TI e das 2 mil de TBN, 400 são de cadastro reserva. Considerando que temos a expectativa de um PDV com 3.200 vagas, teremos, de pronto um impacto de 1.600 posições de trabalho a menos, o que é inadmissível”, ressaltou.

Concurso

Os editais para os dois novos concursos públicos foram lançados na última quinta-feira (22/02) e prevêem 2 mil vagas para o cargo geral de técnico bancário, sendo 1.600 imediatas e outras 400 para cadastro de reserva, espalhadas nos 26 estados brasileiros e no DF; e outras 2 mil para TI, sendo 1.600 imediatas e 400 para reserva que atenderão os estados do Amazonas, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, e o DF.

Para concorrer às vagas, ambos os cargos exigem que o candidato tenha ensino médio completo. A remuneração inicial é de R$ 3.762.

O segundo edital possui vagas de nível superior, para médicos do trabalho e engenheiros de segurança do trabalho. O salário inicial é de R$ 11.186 e R$ 14.915, respectivamente. Ao todo, são 28 vagas para médicos do trabalho, sendo 23 imediatas e 5 reservas, além de 22 vagas para engenheiros de segurança do trabalho, com 17 imediatas e 5 reservas.

Os dois editais preveem benefícios como assistência à saúde, previdência complementar, auxílio-alimentação e refeição, vale-transporte, auxílio-creche, entre outros.

Provas e inscrições

A Fundação Cesgranrio é a banca responsável pela organização do processo seletivo. As provas terão questões objetivas de conhecimentos gerais e específicos, além de redação. As inscrições estarão abertas a partir das 10h do dia 29 de fevereiro até as 16h de 25 de março, pelo site da banca organizadora – clique aqui! Já a aplicação das provas está marcada para 26 de maio.Os resultados serão divulgados em agosto, e os aprovados serão convocados para apresentarem a documentação e realizarem os exames médicos obrigatórios.

Fonte: Portal Bancários RS e Agência Brasil, com edição SEEBPel

Foto: Rafa Neddermeyer / Agência Brasil

Posts Relacionados

This will close in 20 seconds

Fale com o sindicato
Pular para o conteúdo