No Brasil, explosão no preço dos alimentos

IMAGEM_NOTICIA_3 (1)

Levar tudo que está na lista de compras do mês tem sido uma tarefa preocupante para os brasileiros. Quem mais sente os reflexos da política ultraliberal do governo Bolsonaro, com descontrole da inflação, é a população mais pobre, que recebe até um salário mínimo para sobreviver e alimentar a família. Em março, os preços dos produtos dos supermercados subiram 2,64%.

Pelos dados da pesquisa da Apas (Associação Paulista de Supermercados), em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), escancaram a realidade do povo. As pessoas têm de escolher o que vai comprar para passar o mês sem passar necessidade, o grupo de alimentos sente mais o impacto da inflação descontrolada. 

A alta do valor dos legumes e verduras chegou a 18,75% e 13,77%, respectivamente. Segundo o estudo, os produtos com maiores aumentos foram o tomate (41,27%), o repolho (34,24%) e a cenoura (32,23%). Com o descaso do governo, levar comida para a mesa está cada vez maias difícil. 

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia